Império Serviços de Cobrança - Empresa de Cobrança especializada em Recuperação de Créditos | Empresa de Cobrança especializada em Recuperação de Créditos

SP

(11) 4432-2894

Outros Contatos:

SP(11) 4432-2894

GO(62) 4053-9013

SP(11) 98458-2542

SP(11) 4063-6933

RJ(21) 4062-7555

RS(53) 4062-9080

SC(47) 4052-9472

Solicite seu Orçamento Clique aqui

Varejo popular ressuscita o uso de Cheques

“Cheque ganha sobrevida no varejo popular” é o título da matéria veiculada na Folha de São Paulo de 06/11/2011, que fala sobre os comerciantes que ainda identificam no cheque uma boa alternativa ao elevado custo das operadoras de cartões.

Parece inusitado, mas em algumas lojas é possível encontrar o cartaz “Não aceitamos cartões de crédito – Parcelamento só em cheque”. Estes comerciantes estão na contra-mão ou eles sabem alguma coisa que nós não sabemos?

Na matéria, a Folha entrevistou empresários do tradicional comércio popular na Santa Ifigênia (São Paulo – Capital) e constatou que, para convencer um cliente a efetuar o pagamento com cheque ou dinheiro, estão oferecendo descontos de 5% até 15%.

O consumidor também já está ciente da custo adicional que o comerciante tem ao aceitar o pagamento com cartão de crédito. E se não houver desconto para o pagamento a vista, ele prefere pagar no cartão de crédito (se possível parcelado) para não deixar que somente a loja tenha uma margem de lucro maior. O raciocínio é simples, se o comerciante terá menos custos, o cliente quer ser beneficiado também.

Fato é, que o uso do cheque continua em decadência. De 1995 a 2010, o uso do cheque caiu 66%.

A estratégia de aceitar o pagamento em cheque ou, até mais drástico, recusar o pagamento com cartões, dependerá muito do setor de atuação da empresa e, principalmente, da qualidade da política de crédito desta empresa. Isso, porque, receber cheque (seja a vista ou pré-datado) requer a adoção de procedimentos de análise de crédito e prevenção à fraudes. Empresários que se lamentam por ter centenas de cheques sem fundos no caixa, adotam procedimentos de análise de crédito deficientes ou não possuem qualquer procedimento.

As lojas que aceitam somente cheques, identificaram que o perfil do cliente que consome seus produtos apresenta baixo risco de inadimplência, seja pela destinação do produto ou serviço, seja pelo valor da compra. Além disso, estas lojas adotam procedimentos rigorosos na aceitação do cheque para reduzir ainda mais o risco de fraude e inadimplência, ou mesmo, viabilizar uma eventual cobrança futura do cheque recebido.

Fonte: Administradores

Copyright © 2021 Império Serviços de Cobrança. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade | Mapa do Site

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer! Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!