Império Serviços de Cobrança - Empresa de Cobrança especializada em Recuperação de Créditos | Empresa de Cobrança especializada em Recuperação de Créditos

SP

(11) 4432-2894

Outros Contatos:

SP(11) 4432-2894

GO(62) 4053-9013

SP(11) 98458-2542

SP(11) 4063-6933

RJ(21) 4062-7555

RS(53) 4062-9080

SC(47) 4052-9472

Solicite seu Orçamento Clique aqui

Serasa Experian revela que demanda do consumidor por crédito cai 7,6% no primeiro quadrimestre de 2012

De acordo com Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que procurou crédito em abril recuou 11,2% em relação ao mês imediatamente anterior. Com este resultado, no primeiro quadrimestre de 2012 a busca do consumidor por crédito foi 7,6% menor que o mesmo período do ano passado: foi o pior desempenho em termos de demanda por crédito desde 2008. Na comparação com abril do ano passado, recuo foi de 9,8%, a sexta queda interanual consecutiva da busca do consumidor por crédito.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o aumento da inadimplência verificado desde o início do ano passado tem levado os consumidores a priorizar a quitação de suas dívidas em atraso, preterindo a contratação de novos financiamentos. Além disto, com inadimplência mais elevada, aumenta o rigor na aprovação de novos créditos, o que também contribui para desestimular o consumidor na busca por novos financiamentos.

Análise por classe de renda pessoal mensal

Em abril, houve recuo da demanda por crédito em todas as camadas de renda da sociedade, sendo que as quedas foram maiores nos consumidores de renda mais elevada. Os consumidores que ganham entre R$ 5.000 e R$ 10.000 por mês acusaram queda de 12,5% na procura por crédito em abril e os que ganham entre R$ 2.000 e R$ 5.000 diminuíram sua busca por crédito em 12,3% no mês passado. Já os consumidores que ganham mais de R$ 10.000 por mês e os que recebem entre R$ 1.000 e R$ 2.000 mensais diminuíram em 11,8% as suas demandas por crédito em abril de 2012 frente ao mês imediatamente anterior.

Já os consumidores que ganham entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês e os que recebem menos que R$ 500 mensais tiveram quedas menores em termos de demanda por credito em abril/12: variações de -10,7% e de 9,1% frente a março/12, respectivamente.

No acumulado do primeiro quadrimestre de 2012, os consumidores de baixa renda, que ganham até R$ 500 por mês, foram os únicos que mantiveram suas demandas por crédito em expansão no período (alta de 1,6% frente ao mesmo período do ano passado). Todas as demais faixas de renda acusaram quedas em suas demandas por crédito ao longo dos primeiros quatro meses de 2012, variando entre -6,4% (renda mensal superior a R$ 10.000 mensais) e -8,9% (consumidores que ganham entre R$ 500 e R$ 1.000 por mês).

Análise por região

As regiões mais desenvolvidas do país – Sul e Sudeste – foram as que acusaram maior retração na demanda dos seus consumidores por crédito no mês de abril/12: No Sul a queda foi de 15,0% e no Sudeste de 11,6% frente a março/12. No Centro-Oeste, o recuo em abril foi de 9,2% e no Norte e no Nordeste, as quedas experimentadas em abril foram de 6,0% e de 8,5%, respectivamente, na comparação com o mês de março/12.

No acumulado do primeiro quadrimestre de 2012, todas as regiões geográficas do país exibiram queda nas demandas dos seus consumidores por crédito. As menores quedas ocorreram nas regiões de renda média mais baixa (-1,3% no Norte, -5,1% no Centro-Oeste e -5,1% no Nordeste).

Nas regiões geográficas mais desenvolvidas, as quedas da procura por crédito foram maiores nos primeiros quatro meses do ano: -8,7% no Sudeste e -9,4% no Sul.

Metodologia do indicador

O Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito é construído a partir de uma amostra significativa de CPFs, consultados mensalmente na base de dados da Serasa Experian. A quantidade de CPFs consultados, especificamente nas transações que configuram alguma relação creditícia entre os consumidores e instituições do sistema financeiro ou empresas não financeiras, é transformada em número índice (média de 2008 = 100). O indicador é segmentado por região geográfica e por classe de rendimento mensal.

Fonte: Jornal dia a dia

Copyright © 2021 Império Serviços de Cobrança. Todos os direitos reservados | Política de Privacidade | Mapa do Site

Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer! Agência FG - Uma Agência Full Service que Faz Acontecer!